Português



 

O IV Seminário Ibero-Americano CTS, VII Seminário CTS, a ser realizado em Bogotá (Colômbia) de 15 a 17 julho 2014, está organizado com o objetivo de dar continuidade às discussões realizadas a cada dois anos, desde o ano 2000, quando ocorreu o I Seminário Ibérico CTS em Ensino de Ciências em Aveiro (Portugal). Esta oitava versão como Seminário CTS, apresenta um tema fundamental para avançar na melhoria da educação em ciências nos nossos países: a Formação de Professores em Educação CTS, que contemple a formação inicial e continuada, assim como os estudos de pós-graduação e a formação de professores universitários.

 

A complexidade das atividades de formação e de investigação no campo das relações entre ciência, tecnologia, sociedade, sugerem a necessidade de promover o intercâmbio científico e criar espaços para a socialização das inovações que, no campo da educação em ciências, permita promover a alfabetização científica e tecnológica para a cidadania.

 

Para a Associação Iberoamericana CTS -AIACTS-, sediada no Campus Universitário de Santiago da Universidade de Aveiro, na cidade de Aveiro, em Portugal (Europa), o principal objetivo desses seminários tem sido promover o debate, a investigação e a inovação como uma contribuição para o ganho de uma educação em ciências de qualidade, com um desejo genuíno de promover uma autêntica imersão na cultura científica, superando o reducionismo que ocorreu em vários cenários educacionais.

 

María Mercedes Callejas R. 

Coordinadora IV SIACTS- Vicerrectoría Gestión Universitaria

siacts@pedagogica.edu.co

 

 

 

 

 

1. Gerar espaços de socialização, debate e construção coletiva sobre o enfoque de formação de docentes em educação CTS.

 

2. Analisar a inovação na formação de docentes em educação CTS e sua dinâmica nas políticas, no currículo e nos processos de educação em ciências. 

 

3. Contribuir para a visibilidade da investigação e inovação em torno da formação de docentes em educação CTS e suas contribuições para os processos de alfabetização científica da cidadania e a sustentabilidade ambiental.

 

 

 

 

Professores de todos os níveis educativos, pesquisadores, gestores, estudantes de pós-graduação que se formam como professores no campo das relações CTS.

 

 

 

 

Tema:

FORMAÇÃO DE DOCENTES EM EDUCAÇÃO CTS

Formação Inicial, Formação Continuada, Formação de Professores Universitários

 

Eixos Temáticos

 

1. Políticas Públicas e Formação de Docentes em Educação CTS

 

2. Currículos para a Formação de Docentes em Educação CTS

 

3. Ensino, Aprendizagem e Avaliação na Formação de Docentes em Educação CTS

 

4. Educação para a Sustentabilidade e Formação de Docentes em Educação CTS 

 

 

São admitidos três tipos de trabalhos: comunicações orais, simpósios auto-organizados e pôsteres. Para a publicação do texto final e apresentação de qualquer destes trabalhos, é necessário que previamente algum dos seus autores esteja inscrito no Seminário.

Em primeiro lugar, envia-se um resumo para avaliação e, uma vez aceito pela Comissão Científica, envia-se um texto mais extenso para publicação definitiva. As normas para os resumos e para os textos definitivos são comuns, exceto na sua extensão e na primeira página.

 

 


 

NORMAS específicas para os RESUMOS

 

Extensão máxima dos resumos

7500 caracteres (incluindo espaços).

 

Primeira página

Título, autor(es), instituição(ões), eixo temático em que classifica o trabalho.

 

Segunda página

Incluir-se o título e a categoria em que classifica o trabalho.

 

O resumo deve conter o problema, o referencial teórico, a metodologia, resultados e referências bibliográficas.

 

 


 

NORMAS específicas para PÔSTERES

Os pôsteres devem ter uma dimensão máxima de 70 cm x 50 cm.

 

---------------------------------------------------------------------------

 

NormasTrabalhos Definitivos

 

ORIENTAÇÕES  PARA APRESENTAR OS TEXTOS COMPLETOS

 

Uma vez aceite o Resumo do trabalho (comunicação oral, poster ou Simpósio) pela Comissão Científica, entrega-se um texto mais longo para publicação final. Para a apresentação definitiva de qualquer destes trabalhos é necessário que previamente algum dos autores se tenha inscrito no Seminário.

 

As Atas do IV SIACTS serão publicados num número especial da Revista Uni-pluri/versidad, uma publicação adscrita à Faculdade de Educação da Universidade de Antioquia, pelo que as regras para a apresentação dos trabalhos completos são as sugeridas pela Revista para esta publicação.

 

Os doze (12)melhores textos avaliados pela Comissão Científica serão convidados para publicação como artigos na revista Uni-pluri/versidad.

 

Estrutura do Texto

 

A estrutura contém normalmente as seguintes partes: resumo, palavras-chave, introdução, metodologia, resultados, conclusões, bibliografia. Os artigos devem ter no máximo 5 páginas tamanho carta (21.59 cm x 27.94 cm), em letra Arial tamanho 12 pontos, espaçamento simples, margens de 3 cm. As notas de rodapé são escritas em letra Arial tamanho 10 pontos. Os textos que não cumprirem as normas anteriores não serão aceites.

 

Algumas notas sobre o formato das normas APA para as citações e referências bibliográficas

 

Para citar um texto – livro, revista, jornal, etc. -, é recomendada a utilização de aspas angulares ou latinas (« »). As aspas ingleses (" ") podem ser usadas para dar um significado alusivo - irónico, vulgar ou impróprio – a uma palavra, frase ou expressão e também, eventualmente, dentro de uma citação. As aspas simples (‘ ‘), menos frequentes, podem ser usadas para expressar o significado de uma palavra especial escrita em itálico. Exemplo: catarse significa 'purga', 'purificação'. O itálico, ao contrário das aspas  inglesas, é usado para enfatizar uma palavra, frase ou expressão e também para assinalar um estrangeirismo, como in extremis (do latim), software (do inglês), etc.

 

Depois de uma citação, põe-se entre parênteses o apelido do autor, em seguida, o ano de publicação e a página respetiva, com a devida pontuação. Por exemplo: «Pero el sondeo de la nada, que tiene su historia en especulaciones metafísicas y místicas —la obra de Heidegger tiene su fuente en la célebre pregunta de Leibniz: “¿Por qué no existe la nada?”— y sus apremios a renacer tienen decisivas aplicaciones lingüísticas» (Steiner, 2001: 11).Nota-se que as aspas inglesas (" ") estão dentro da citação, enquanto que as aspas angulares, ou seja, as principais, estão fora. Por outro lado, se o apelido do autor já se mencionou antes da citação, omite-se entre os parênteses, ficando apenas o ano e a página, assim: (2001: 11).

 

Se a citação se refere a mais de três autores, escreve-se o apelido do primeiro autor seguido da expressão et al. (expressão latina abreviada, et aliis, que significa e outros). Se a citação - no formato requerido pela revista – se estende por mais de quatro linhas, separa-se como um parágrafo à parte, com uma indentação de 1,25 cm, reduz-se o tamanho da letra para 11 pontos e não se usam as aspas angulares (as inglesas ou simples, apenas se estas aparecem na citação).

 

Se se omite algum fragmento da citação, usam-se os colchetes ([ ]) e entre eles três pontos (reticências). Por exemplo: «Pero el sondeo de la nada, que tiene su historia en especulaciones metafísicas y místicas [...] y sus apremios a renacer tienen decisivas aplicaciones linguísticas»(Steiner, 2001: 11).

 

Nas referências bibliográficas não é recomendável abreviar o nome ou o apelido do autor, mas apresentá-lo completo. Para citar um livro, a ordem é a seguinte: Steiner, George (2001). Heidegger. 2.ª ed., 1.ª reimpr. México, D.F.: Fondo de Cultura Económica.

 

É importante ressaltar assinalar que o ano da publicação do texto citado corresponde ao da última edição ou ao da última reimpressão. Se a edição é a primeira, mas o texto foi reimpresso, põe-se apenas o número da reimpressão e a respetiva abreviatura, como se mostrou. Se a edição é simplesmente a primeira, sem nenhuma reimpressão, não há necessidade de a mencionar. Apenas faz falta se é a segunda ou alguma seguinte.

 

Como se escreveu, são tidos em conta o nome e apelidos do autor, o ano da publicação, o título da obra, o número da edição ou da reimpressão, a cidade de publicação e a editora. São dados que normalmente não se omitem nas referências bibliográficas, por razões de seriedade, precisão e confiabilidade.

 

Deve-se observarse a citação textual provêm do autor, editor, diretor, compilador ou coordenador. Se a referência é de uma página da web, deve escrever-se também o endereço eletrónico e a data de consulta.

 

Para citar um artigo de revista ou de jornal, o título da obra é colocado entre aspas angulares. A ordem é a seguinte: García García, José Joaquín, Ossa Montoya, Arley Fabio e Duarte López, Fredy Eduardo (2010). «Educar: combatir el miedo estructural de la sociedad actual». Em: Uni-pluri/versidad, Vol. 10, No. 1, pp. 97-108. Medellín: Facultad de Educación de la Universidad de Antioquia.

 

 

Recebimento dos resumos dos trabalhos, simpósios e pôsteres

16 de Agosto a 22 de Novembro de 2013

 

Avaliação dos Resumos pelo Comitê Científico

22 de Novembro a 17 de Janeiro de 2014

 

Comunicação de trabalhos aceites

 Janeiro  de  2014

 

 

Recebimento dos trabalhos completos: comunicações, simpósios e pôsteres para publicação

Até  24 de  fevereiro de 2014.

 

 

 

 

 

 

Categoría 

Hasta abril 7 de 2014

Hasta julio 7 de 2014

     


   

Miembros AIA-CTS

$160.000 COP

85 USD

65 EUROS

$200.000 COP

105 USD

80 EUROS

     


   

Profesionales

$230.000 COP

120 USD

95 EUROS

$270.000 COP

140 USD

115 EUROS
     


     

Estudiantes Posgrado

$110.000 COP

60 USD

45 EUROS

$160.000 COP

85 USD

65 EUROS
     


     

Estudiantes de Pregrado con trabajos aceptados

$80.000 COP

40 USD

32 EUROS

$100.000

$50 USD

40 EUROS

 
.